Fácil Linux raid 1 fazer um ataque surpresa 5 em 5 passos sem reinicialização

Migração de RAID1 o RAID5 acabou por ser muito mais fácil do que pensei que 🙄 são amplamente 5 Espera um pouco os passos simples e 1 uma cerveja para coragem.

Para mim, criou-se o sistema RAID matriz md0 envolvendo 2 sdb e disco sda. Vou acrescentar-lhes o 3º sdc para criar o RAID5 3 disco. Geralmente isso é para fins científicos, as acrobacias de virtualka que eu ainda não testei em ambiente real, Mas não espere dramas e a máquina de tempo real.

  1. Criar o mesmo layout de sistema de arquivo como outras unidades nos – sfdisk -d/dev/sdb | sfdisk/dev/sdc
  2. Construir em cima de nossa matriz atual de RAID5 – mdadm –crescer /dev/md0 –Level = 5
  3. Adicionar o disco novo para a matriz – mdadm –gerenciar /dev/md0 –Adicionar /dev/sdc . Aqui vem o ponto fino que a matriz ainda vai ser RAID1 e não iniciar a sincronização, porque o novo disco é a reposição
  4. O mais importante momento sdc se torna ativo e inicia a sincronização – mdadm –crescer /dev/md0 –dispositivos RAID = 3 . Um bom momento para abrir a cerveja, se não for feito 😉 estadia em nenhum processo caso!!!
  5. Uma vez concluída a sincronização presa para redimensionar a partição, porque a perda de espaço na 1/e RAID1 e RAID5 para n i 1-1/n

O grande bônus é que você não tem um sistema reiniciar ou puxando e fazer adicionais matrizes.

sfdisk -d /dev/sdb | sfdisk /dev/sdc
mdadm --grow /dev/md0 --level=5
mdadm --manage /dev/md0 --add /dev/sdc
mdadm --grow /dev/md0 --raid-devices=3
resize2fs /dev/md0

Boa noite 😛

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

anti SPAM *