Como você sabe CentOS 5 EOL é (Fim da vida) de 31 de Março 2017. O que leva à seguinte problema muito interessante:

# yum update
Loaded plugins: fastestmirror, security
Loading mirror speeds from cached hostfile
YumRepo Error: All mirror URLs are not using ftp, http[s] or file.
 Eg. Invalid release/
YumRepo Error: All mirror URLs are not using ftp, http[s] or file.
 Eg. Invalid release/
removing mirrorlist with no valid mirrors: /var/cache/yum/extras/mirrorlist.txt
Error: Cannot find a valid baseurl for repo: extras

 

O problema é que curtas listas de espelhos do CentOS 5 já chutando e tentar diretamente se o conteúdo obtido depois da recusa:

# curl 'http://mirrorlist.centos.org/?release=5&arch=i386&repo=os'
Invalid release

 

Em geral geral a ideia mais prudente para reinstalar o estanho com uma distribuição normal que suporta trabalhar atualização distributiva. Infelizmente o meu não é o caso e não ficar como uma opção sobre a mesa. Então tivemos que jogar um pouco esquema cigana – começar a usar espelho Vault. No momento criatura completamente claro e sanidade sabe, Eu não receberá quaisquer atualizações que não é o objetivo do exercício, e apenas quer ter o trabalho com o yum para instalar o pacote que eu preciso. Para este efeito, comentada todas as variáveis ​​Mirrorlist e adicionar baseurl em /etc/yum.repos.d/CentOS-Base.repo. Finalmente temos repo yum do tipo de


[base]
name=CentOS-$releasever - Base
#mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=$releasever&arch=$basearch&repo=os
baseurl=http://vault.centos.org/5.11/os/i386/
#baseurl=http://mirror.centos.org/centos/$releasever/os/$basearch/
gpgcheck=1
gpgkey=file:///etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

#released updates
[updates]
name=CentOS-$releasever - Updates
#mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=$releasever&arch=$basearch&repo=updates
baseurl=http://vault.centos.org/5.11/updates/i386/
#baseurl=http://mirror.centos.org/centos/$releasever/updates/$basearch/
gpgcheck=1
gpgkey=file:///etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

#additional packages that may be useful
[extras]
name=CentOS-$releasever - Extras
#mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=$releasever&arch=$basearch&repo=extras
baseurl=http://vault.centos.org/5.11/extras/i386/
#baseurl=http://mirror.centos.org/centos/$releasever/extras/$basearch/
gpgcheck=1
gpgkey=file:///etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

Finalmente desempenhar um yum limpar todos && yum update. Ако всичко завърши без да получим грешка значи сме завършили успешно схемата и можем спокойно да си инсталираме остарелите пакети.

 

Mozilla Thunderbird

EM 49 unidades и LD e t é a mesma no Posto Mi sui generis Firefox bancos de dados VÁCUO e REINDEX. A partir de Novembro de tempo 3 - alpha - alpha - alpha - s central EM х и н central LD - em н и t no Mozilla продукт и t EM versões Debian. A p m - 3 unidades и и t alpha - alpha v. Le и за m do Icedowe и х no Thunderbird, EU não дефрагментирал base, Até Agora, através do cliente de e - mail vazou séria quantidade de cartas, contas de email e servidores, Usuários e senhas. O roteiro é idêntico do meu post anterior com apenas ligeira modificação para onde olhar para o 🙂 de arquivos

Versão para Linux

for db in $(find ~/.thunderbird/$(grep Path ~/.thunderbird/profiles.ini | cut -d'=' -f2) -maxdepth 1 -name "*.sqlite" -type f)
do
echo "VACUUM ${db}"
sqlite3 ${db} VACUUM
sqlite3 ${db} REINDEX
done

Versão do sistema operacional Mac

for db in $(find ~/Library/Thunderbird/$(grep Path ~/Library/Thunderbird/profiles.ini | cut -d'=' -f2)  -maxdepth 1  -name "*.sqlite" -type f)
do
echo "VACUUM && REINDEX ${db}"
sqlite3 "${db}" VACUUM;
sqlite3 "${db}" REINDEX;
done

Ao contrário do Firefox pasta de perfil de Thunderbird é uma forma muito mais correta (sem espaço) E não é necessário mudar o separador.

(x) s central do Google HTTPS и ч T c t t do е о central esta EM за по ч на х alpha é sui generis, Mais Massa instalação de SSL e ONDE você. EM geral, além de Mais assédio para servidores e degradação de Velocidade. A coisa boa é que, Que Http2 O padrão por Mais de um ano e Meio é integrado EM todos OS principais Navegadores e o servidor HTTP de manutenção e estável o suficiente. Infelizmente, O Debian estável SEM Pacotes que Manter a base http2 servidores http. Versões que precisam trabalhar http2 são Como segue:

EM мешаницата Grande Segundo USO Apache Ou nginx depende. EU ainda não joguei rodando no Apache http2 do Debian 8 Já que não tinha no backports репото TEM que, Não será um Grande problema.. Para nginx já tocou algumas vezes. EM geral, OS Passos são poucas e relativamente simples:

  1. Adicionar nginx recompra – EM весията é de 1,6. х Debian
  2. Estamos actualmente к 1.0.2 OpenSSL do backports – Esta necessidade de Alpn Manutenção de coisas para trabalhar e é rápido
  3. Estamos devscripts – Este é o momento de partilhar o Nosso pacote que irá билднем porque o 1.0.1t que FOI compilado com o OpenSSL, que não funciona alpn e Navegadores não respondem BEM e trabalha http2 - só se esquenta
  4. инкрементираме versão de não - циганията com embalagens e UMA Nova versão para синкенм сорсовете

Vamos começar Passo a Passo

A adição de nginx repo

deb http://nginx.org/packages/debian/ codename nginx
deb-src http://nginx.org/packages/debian/ codename nginx

Adicionar uma biblioteca de openssl k dev 1.0.2 e bildnem caso contrário ele novamente com 1.0.1 t é o alvo


echo 'deb http://ftp.debian.org/debian jessie-backports main' | tee /etc/apt/sources.list.d/backports.list

apt update && apt install libssl-dev -t jessie-backports

 

Agora, preso ao seu Adicionar bibliotecas necessárias para compilação do nginx


apt install devscripts

apt build-dep nginx

mkdir nginx-build

cd nginx-build

apt-get source nginx

Se você trabalhou corretamente têm estrutura do


~/nginx-build # ll
total 1004
drwxr-xr-x 10 root root   4096 Feb 21 18:37 nginx-1.10.3
-rw-r--r--  1 root root 103508 Jan 31 17:59 nginx_1.10.3-1~jessie.debian.tar.xz
-rw-r--r--  1 root root   1495 Jan 31 17:59 nginx_1.10.3-1~jessie.dsc
-rw-r--r--  1 root root 911509 Jan 31 17:59 nginx_1.10.3.orig.tar.gz

Digite o código - Fonte do Papa EM que разархивиран nginx no MEU CaSO e nginx - 1.10.3 executar Comando que инкрементирате versão, EU pessoalmente prefiro adicionar 1 Este Bildt

debchange --newversion 1.10.3-1

Depois de adicionar o changelog e opcional Pode Proceder à Mistura

debuild -us -uc -i -I -b -j6

Alguns esclarecimentos sobre a configuração.:

-Nós to Para não dizer o script “Sinal” .DSC and.changes arquivos. -EU E -EU Você FAZ OS arquivos de script para controle de versão. -B Para Gerar um pacote binário. -J como com fazer quantos processo paralelo de recompilá-🙂

 

Depois de ter concluído o processo acima, deve instalar nos nossos novos pacotes. Se você já tiver instalado o nginx é BOM деинсталирате

apt remove nginx nginx-*

Também não é UMA má ideia para fazer um backup do arquivo / etc nginx. EM princípio, a atualização Da 1.6.5 A 1.10.3 SEM dramas, MAS Nunca se sabe. O novo пактеи estão no nível superior e o ficheiro deve ser instalado com um Comando do:

dpkg -i ../*.deb

Se tudo correu BEM, você só Precisa colocar o nginx processo e ser configurado http2 que já não é o propósito Deste artigo.

A separação não está EM Palavras,
A separação é EM премълчаното,
No meDo, Você VAI perder,
No meDo, Não existem.
A separação não é tempo,
EM que IR sozinho,
Você Leva aquele Adeus,
A separação é então…

Um Truque esperto para melhorar a Velocidade do navegador Firefox é Como um вакумирате SEU Banco de dados SQLite. преизгражда processo de vácuo, defrag - Banco de dados, diminuição do tamanho e da procura torna mais rápido, o uso do disco de forma mais eficiente e, possivelmente, diminuiu a carga no seu disco como ler na sequência dos sectores me. EM geral, aplica - se a qualquer Banco de dados que não é automaticamente a vácuo - defrag.

O processo de Banco de dados дефрагментиране Firefox é trivial – Aplicar Vácuo SQLite3 DB file o diretório de perfil do Firefox. No Linux o caminho para isso é geralmente ~ / .mozilla / firefox / random-name.default. Em geral, você só deve 1 seu diretório em .mozilla / firefox se você tem mais você pode conferir ~ / .mozilla / firefox / profiles.ini para o diretório correto é o perfil do seu navegador. Desde que EU não Quero fazer a mão com que дефрагментирам marcou um programa simples de Banco de dados:

for db in $(find ~/.mozilla/firefox/$(grep Path ~/.mozilla/firefox/profiles.ini | cut -d'=' -f2) -maxdepth 1 -name "*.sqlite" -type f)
do
   echo "VACUUM ${db}"
   sqlite3 ${db} VACUUM
   sqlite3 ${db} REINDEX
done

Depois de completar o roteiro procura Na história - e a acusação de лисика é notavelmente Mais rápido. O roteiro EU acho que com ligeiras modificações Pode ser usado no Mac OS.

P.S. existem versões para Mac OS X – Testado EM Mac OS X Serra. Tenho de IR делимитъра Da Nova ordem espacial no Caminho para a pasta que contém o Firefox

OIFS="$IFS"
IFS=$'\n'
for db in $(find ~/Library/Application\ Support/Firefox/$(grep Path ~/Library/Application\ Support/Firefox/profiles.ini | cut -d'=' -f2)  -maxdepth 1  -name "*.sqlite" -type f)
do
echo "VACUUM && REINDEX ${db}"
sqlite3 "${db}" VACUUM;
sqlite3 "${db}" REINDEX;
done